quarta-feira, 13 de Março de 2013

Carta Apadrinhamento

Após falar com o Vt./Vta. ou Dr./Dra.que pretendem que seja vosso Padrinho/Madrina;

Têm que escrever uma carta ao vosso padrinho ou madrinha em folhas A4 brancas ou azuis de 25 linhas, sendo que o nº de páginas, folhas e linhas escritas devem ser ímpares. Tem que ser redigida à mão com caneta preta, sem rasuras e letra legível.

Na carta tem que constar OBRIGATÓRIAMENTE:
Vosso nome completo de acordo com o passaporte
Vossa graça completa
Vossa data de nascimento (em numeração romana e sem números pares)
A vossa naturalidade
Identificação completa do vosso padrinho/madrinha
11 razões para teres escolhido aquele padrinho ou madrinha
11 razões para te aceitarem como afilhado
3x11 coisas que fazias com o teu padrinho ou madrinha ao amanhecer, entardecer ou anoitecer
11 Adjetivos/características do teu padrinho ou madrinha
11 Adjetivos/características da Comissão de Praxe

A carta deve ser redigida num texto corrido.
Após terminada deve ser assinada pelo caloiro e pelo seu padrinho ou madrinha caso seja aceite.

DVRA PRAXIS SED PRAXIS
A Comissão de Praxe FML

1 comentário:

  1. Não é de Praxe que um pedido de apadrinhamento seja feito por escrito.
    Não tem fundamento algum justificar essa escolha sequer.
    Fica o reparo.

    ResponderEliminar